VOLTAR PARA O ÍNDICE DE CANÇÕES



7 partituras editadas por Paulo Rowlands, em 7 tons diferentes,


para a canção popular composta por Jorge Benjor.




Comprar na Hotmart por R$3,90



DESCRIÇÃO DO PRODUTO
Este infoproduto oferece 7 partituras da canção "W/Brasil", de Jorge Benjor, nos tons A, B, C, D, E, F e G, para você escolher a que melhor combina com a sua voz.
As partituras contém a letra da canção, a linha melódica e a cifra dos acordes que a acompanham, e estão em formato PDF.

VANTAGENS
Existem várias vantagens em adquirir estas partituras:
1. para você que é cantora ou cantor, uma das partituras com certeza estará em um tom apropriado para a sua voz;
2. para você que é professora ou professor de canto, com estas partituras você atende a todos eles, independentemente da classificação vocal;
3. a qualidade das partituras é excelente, editadas por um maestro formado e experiente com corais e orquestras, e atento à fidelidade das mesmas em relação às gravações usadas como referência para criá-las.









     Lançada em 1990 em formato compacto, a canção começou a fazer sucesso no ano seguinte, quando começou a ser difundida nas rádios FMs brasileiras. A canção revigorou a carreira de Jorge Benjor, que passara a década de 1980 longe das paradas de sucesso. W/Brasil marcou uma guinada mais pop do veterano compositor. O "síndico" mencionado na canção é uma alusão ao cantor Tim Maia.
     Para entender, o crítico musical e pesquisador André Domingues sugere observar três blocos e referências que se misturam. Um deles menciona amigos como Tim Maia e Washington Olivetto, fundador da agência de publicidade W/Brasil. Outro traz referências ao Rio de Janeiro, como a favela do Jacarezinho e o morro da Mangueira. Também se refere ao tráfico de drogas, gírias para entregadores (avião), policiais (disco voador) e uma menção ao traficante Escadinha. Já o terceiro bloco trata da situação política em 1990/91. Ele ironiza episódios como o romance dos ministros Bernardo Cabral e Zélia Cardoso e o confisco da poupança no governo Collor. O ex-presidente é comparado ao rei português D. Fernando I, conhecido pela beleza, imoralidade e vaidade.

Maestro Paulo Rowlands
0055 19 999773042
paulo@paulorowlands.com.br